MME inaugura primeira mini usina de energia solar fotovoltaica em prédio federal

A energia solar fotovoltaica já é uma grande tendência no mundo. Isso se dá não somente pelo ideal de sustentabilidade e pela necessidade de manutenção dos recursos naturais do planeta, embora essa pauta esteja sempre em evidência: na verdade, investidores e oficiais do governo estão percebendo que a energia solar fotovoltaica é absolutamente rentável.

 

O setor privado já entendeu que vale a pena investir em energia solar fotovoltaica, e o governo brasileiro também dá mostras de que o futuro está pautado na geração de energia pelos raios solares.

 

E como chegamos a essa conclusão? Você vai descobrir mais durante este artigo. Vamos com a gente tentar vislumbrar o futuro da energia solar fotovoltaica?

 

O Ministério de Minas e Energia e a energia solar fotovoltaica

Nós já tivemos duas grandes mostras do interesse crescente do governo brasileiro em relação à energia solar fotovoltaica. Recentemente, duas grandes usinas foram instaladas no Nordeste, com capacidade para produzir 1,150 Gw de energia solar fotovoltaica ao ano.

 

A mostra mais recente do interesse do governo brasileiro com a grande tendência mundial da geração de energia solar fotovoltaica é simbólica – mesmo que represente uma economia considerável -, mas já nos mostra que o Ministério de Minas e Energia está atento às mudanças que vêm por aí: a instalação da primeira mini usina de energia solar fotovoltaica em um prédio federal em Brasília.

 

A mini usina foi instalada no telhado do prédio sede do Ministério de Minas e Energia, e inaugurada pelo ministro Fernando Coelho Filho e pelo presidente da Associação Brasileira de Energia Solar, Marcelo Cruz.

 

A mini usina funciona através do modelo de geração distribuída, que trabalha em conjunto com a distribuição elétrica convencional. Com um investimento de 400 mil reais – feito, inclusive, sem usar o orçamento alocado pela União ao MME, apenas recursos da Absolar – representa cerca de 7% do consumo elétrico total do prédio, e é capaz de abastecer até 23 residências familiares.

 

“O prédio tinha que ser o MME”

O ministro ressaltou a importância do investimento para reforçar a ideia de que a energia solar fotovoltaica é viável e representa a possibilidade de grande economia, dando mostras que o MME é um exemplo a ser seguido. Ele declarou em pronunciamento que “esse é um investimento pequeno para nossa necessidade, mas muito significativo. É o primeiro prédio público a ter geração distribuída na capital federal, e esse prédio tinha de ser o MME”

 

O ministro também afirmou que possui planos para disseminar o uso da energia solar fotovoltaica por prédios públicos pela capital federal e em outras localidades no Brasil, o que nos mostra mais uma vez o interesse governamental em incentivar o crescimento e a adoção da tecnologia em solo brasileiro.

 

A energia solar fotovoltaica e a sustentabilidade

Como mencionamos anteriormente, a energia solar fotovoltaica vem se consolidando como tendência ao redor do mundo não apenas pelo ideal de sustentabilidade, mas também por ser rentável e por trazer ganhos expressivos na economia de energia. Porém, a pauta ambiental é de suma importância para órgãos governamentais como o MME.

Apenas com a instalação dessa mini usina de geração distribuída, 6,2 toneladas de CO2 vão deixar de ir à atmosfera por ano, e considerando que a vida útil dos painéis fotovoltaicos é de 25 anos, a poluição evitada é de 162 toneladas.

 

A sustentabilidade, como você pode ver, é muito bem representada pela energia solar fotovoltaica. E quando se percebe o quanto os painéis solares duram, em bem menos da metade desse tempo o investimento de 400 mil reais já foi pago. A partir do momento em que o investimento for superado, a economia restante é convertida em lucro e ainda ajuda o meio ambiente.

 

Pensando nisso, fica claro o motivo do investimento do governo em energia solar fotovoltaica e na criação de condições para que o Brasil passe a, quem sabe no futuro, liderar o segmento no mundo.

 

Nossa posição geográfica é privilegiada, e se prosseguirmos quebrando recordes de desenvolvimento na área, nós podemos nos tornar verdadeiras potências energéticas muito antes do que a nossa geração imagina.

 

Quer fazer parte dessa história e investir na tendência da energia solar fotovoltaica? A Consultrevi Solar te auxilia nesse caminho. Entre em contato com a gente!

 

(imagens: divulgação)

Related posts