Como funciona a instalação da energia solar?

Você talvez já tenha ouvido falar das vantagens de ter uma instalação de energia solar na sua casa, que são várias. O que dizem por aí sobre a economia de 95% pode parecer muito, mas pode acreditar, é a mais pura verdade.

 

Isso levanta um questionamento: o que você realmente sabe sobre a instalação de energia solar em uma casa, prédio ou estabelecimento comercial?

 

Entender o processo que você vai contratar é o primeiro passo para acertar, e a Consultrevi Solar te explica tudo o que você precisa saber do assunto. Vamos lá então?

 

O projeto

O primeiro passo para a instalação da energia solar no seu imóvel é o projeto, que determinará de que forma os procedimentos para a captação da energia solar serão feitos. Basicamente, serão realizadas é uma série de medidas da sua propriedade buscando a incidência solar.

 

A partir das medidas obtidas, ficam claros para os projetistas quais os pontos com maior iluminação e, portanto, com maior potencial para a utilização da energia solar ao seu máximo.

 

Com as informações sobre a iluminação, o proprietário e o projetista podem conversar sobre as necessidades mais aprofundadas do projeto. Por exemplo: a instalação vai cobrir toda a demanda energética do imóvel ou apenas uma parcela dela?

 

Essa é uma informação relevante, já que determina as especificações das placas de energia solar e também se é preciso instalar o sistema inteiro de uma vez ou se a instalação será feita em partes.

 

As placas de energia solar que serão instaladas são escolhidas nesse momento, já que elas podem variar de tamanho e quantidade dependendo das demandas energéticas. O projeto é feito de forma que elas fiquem em em uma posição que receba luz solar a maior parte possível do dia.

 

Conexão com a rede elétrica

Uma vez que tudo esteja corretamente projetado com relação à produção de energia, é hora de determinar como essa energia será transferida para o imóvel.

 

Isso porque as placas fotovoltaicas produzem eletricidade em corrente contínua, semelhante àquela de baterias químicas. O padrão internacional em imóveis é o uso da corrente alternada, mais eficiente e com menos perdas.

 

Para que a conexão seja possível, é preciso instalar um aparelho chamado inversor, capaz de tornar a corrente contínua em uma corrente alternada, fazendo assim que as placas possam abastecer o imóvel.

 

Existem diversos inversores disponíveis no mercado, sendo cada um recomendado para diferentes parâmetros do projeto que podem facilmente explicados pelo consultor da Consultrevi Solar.

 

Tipo de projeto

Existem diversos tipos de projetos a serem escolhidos. Um deles é o modelo On Grid, altamente recomendado pela Consultrevi Solar quando há a disponibilidade de uma rede pública.

 

Já  o sistema Off Grid é muito conveniente quando se trata de uma área rural ou se pretende ter um sistema de Backup para garantir eventuais faltas de energia

 

A principal vantagem do On Grid é o fato de que o projeto é conectado à rede pública de energia e escoa para ela a energia gerada que não for aproveitada pela propriedade, transformando esse excedente em crédito para o proprietário junto à fornecedora de energia.

 

Na ocasião da propriedade ter um uso de energia maior do que o disponibilizado pela instalação da energia solar e precisa retirar uma parte de sua demanda da rede pública, a conta de energia virá com desconto do crédito obtido do excedente.

 

O projeto no modelo On Grid pode ser ainda mais vantajoso quando o proprietário sai de férias, uma vez que as placas continuarão a gerar energia excedente transformada em crédito para ser aproveitado depois.

 

Até 95% de economia?

É aí que entra a maior vantagem da energia solar: a capacidade de trabalhar dinamicamente a relação entre a energia convencional e a dos painéis fotovoltaicos.

 

Através desse sistema de créditos, é possível criar um ótimo banco junto à provedora de eletricidade, banco esse que, quando bem grande, já se sustenta sozinho e se mostra como grandes porcentagens de economia, como os 95% que estávamos falando mais cedo.

 

Incrível? Nada disso, é simplesmente a tecnologia que irá virar padrão daqui a alguns poucos anos. O melhor é já fazer parte dela agora para agregar valor no seu imóvel e se aproveitar da economia.

 

Instalação das placas de energia solar

Uma vez determinados todos os parâmetros do projeto, é hora da instalação. Nesse momento podemos contar com algumas decisões por parte do proprietário do imóvel.

 

Para começar, ele precisa decidir se a instalação será realizada de uma única vez ou em partes. Essa é uma decisão possível devido ao fato do projeto ser modular e, portanto, poder ser feito parcialmente.

 

A grande vantagem é de que você pode programar a instalação conforme sua disponibilidade de recursos, podendo instalar um percentual agora e completar quando lhe for mais conveniente.

 

Você terá todas as vantagens sobre a parte implantada.

 

Com relação aos valores, não é preciso se preocupar com relação a gastos extras durante a produção, uma vez que a proposta da Consultrevi Solar já inclui todos os valores necessários, sem surpresas posteriores. O melhor é pensar na economia: assim que você já instala, já pode ter até 95% de economia na próxima conta de luz. Fantástico, não é?

 

A energia solar é uma fonte renovável e inesgotável. Em termos econômicos, é uma economia comparável ao de um investimento seguro de longo prazo. As placas fotovoltaicas tem no mínimo 25 anos de vida útil, garantindo um longo aproveitamento.

Quer saber qual seria o custo para uma instalação solar na sua propriedade? Então que tal solicitar um orçamento? A economia com certeza vale à pena.

Até o próximo artigo!

 

(imagens: divulgação)

Related posts